Conheçam Meus Livros

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Galeria Chespirito #1: Trapalhadas No Hotel

     Quando se fala nos programas relacionados ao Chaves e ao Chapolin, uma única emissora vem a mente de todos os brasileiros: SBT. O que muita gente ignora é que o SBT não foi sempre a única emissora a exibir os programas criados por Roberto Gomez Bolaños.
     Em 1997, a CNT Gazeta (hoje apenas Gazeta) exibiu a temporada de 1993 do programa Chespirito. O programa não tinha os personagens Chapolin e Chaves. Eram esquetes do personagem Chômpiras, o ladrão que trabalha como carregador de malas num hotel. No México, o esquete ficou conhecido como “Los Caquitos”.

     A série, apesar de não trazer os personagens mais famosos de Bolaños, era tão divertida quanto Chaves e Chapolin. Vamos recordar um pouco essa galera:



     A série era protagonizada por Chômpiras, o ladrão que, num passado distante foi o atrapalhado companheiro de crimes de Peterete, personagem de Ramón Valdés, que andava imitando os passos da pantera cor-de-rosa.
 
     Anos mais tarde, depois de abandonar a vida de crimes, Chômpiras e seu segundo companheiro de contravenção, Botijão, arrumaram um emprego honesto, embora folgado, no Hotel Boa Vista.

     Botijão é o marido da Chimoltrúfia, a personagem mais engraçada nesta série. Se em Chaves, o protagonista foi ligeiramente ofuscado por Kiko e Seu Madruga, nesta série, é ela quem rouba a cena.


     Chimoltrúfia também é camareira no Hotel Boa Vista, e contribui com os dois malandros para enlouquecer o gerente, Seu Cecílio, com suas trapalhadas.

     E como o passado os condena, volta e meia Chômpiras, Botijão e Chimoltrúfia, todos ladrões regenerados, acabam sendo arrastados a uma “visitinha” nada cordial ao Delegado Morales, quase sempre por causa de queixas pouco convencionais de sua vizinha fofoqueira, Dona Cotinha (que, sem dúvida, faz jus ao nome que tem!).

     Para completar o time de malucos temos ainda o atrapalhado e ingênuo Sargento Refúgio, que costuma ser facilmente ludibriado por Botijão; para indignação do Delegado.

     Marujinha, o grande amor do Sargento Refúgio, e frequentemente hóspede no hotel. Jamais dá gorjeta ao Chômpiras, que por isso se recusa a levar sua mala.

     E “é claro que claramente que é óbvio” que não se pode esquecer da mãe igualmente “bela” de Chimoltrúfia: Dona Agrimaldolina. Ou no original espanhol, Dona Espotaverderona.

     Um dos pontos altos da série eram os bordões da Chimoltrúfia, que falava errado e tinha certas manias de linguagem, abusando principalmente do pleonasmo [repetição desnecessária de algum termo ou ideia na frase]:

     “Por que eu vou dizer que não se é sim?”

     “É claro que claramente que é óbvio que sim” [ou que não!]

     “O que você está querendo tratar de querer insinuar?”

     “Pois quando eu digo uma coisa eu digo outra”.

     Este último geralmente seguido de:

     “Porque assim é como tudo, tem coisas que eu nem sei... Eu tenho ou não tenho razão?”

     Em 2001, o SBT começou a exibir episódios das temporadas de 1990 a 1995 do programa, que traziam Chapolin, Chaves, Chômpiras (traduzido como Chaveco), Pancada Bonaparte, Dr. Chapatin, Chespirito, além do humor negro de Dom Caveira. Mas infelizmente o Programa não durou muito na grade da emissora, o que é uma pena.

     Abaixo um dos meus episódios favoritos da temporada de 1993 de Chespirito, exibido pela CNT Gazeta em 1997:
O Hotel Mal-Assombrado

2 comentários:

  1. Não sabia destes dados da temporada da Gazeta... achava que haviam episódios transmitidos unicamente lá. Poucos dias atrás que vi o mesmo episódio dublado duas vezes, correspondentes às fases da Gazeta e SBT. E a segunda dublagem se sobressaiu à primeira, principalmente no quesito 'adaptação de texto', embora a primeira não seja ruim.

    Na matéria, só faltou elencar os atores dos respectivos personagens.

    O"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mario!

      Obrigada pelo comentário 😃

      Particularmente, eu gostava da dublagem da Gazeta, principalmente da voz do Chômpiras, mais cavernosa, mas a segunda também é muito boa.

      Quanto ao elenco, achei desnecessário colocar o nome de cada um dos atores, já que é o mesmo elenco do Chaves, cujos nomes praticamente todo mundo conhece, com exceção, é claro, do Moisés Suárez, que interpretava o Seu Cecílio, gerente do hotel, e da Anabel Gutiérrez, a mãe da Chimoltrúfia. Mas valeu pelo toque.

      😉

      Excluir

Obrigada pela visita!
E já que chegou até aqui, deixe um comentário ♥
Se tiver um blog, deixe o link para que eu possa retribuir a visita.