Conheçam Meus Livros

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Todo Mundo Quer Brincar Na Neve


A quarta temporada de Once Upon a Time começou trazendo fôlego novo ao mundo dos contos de fadas. Peguem seus cobertores e uma boa xícara de chocolate quente, porque esta será uma aventura congelante! 

Temos uma verdadeira invasão Disney nessa primeira metade da Season 4: além do grande hype do momento, Frozen, temos ainda a inclusão do grande clássico dos desenhos Disney Fantasia, e referências menores à Dama e o Vagabundo, Toy Story e A Bela e a Fera.

Eu confesso que, antes mesmo de a Season 4 estrear, a expectativa era alta por um início de temporada, no mínimo, encantador. E apesar de alguns clichês e temas repetitivos, não fiquei decepcionada.


quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Felicidade É Um Prato Que Demora a Esquentar

Desde que li Perdida – Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras do Tempo, da Carina Rissi, em novembro passado, eu estava ansiosa para ler a continuação Encontrada – À Espera do Felizes Para Sempre.

E embora já estivesse com o livro desde que adquiri o primeiro, acabei adiando a leitura muito mais do que eu gostaria, porque, como devem ter notado pela pouca frequência nas atualizações do blog, e principalmente, pelas postagens de junho e julho, esse ano está sendo uma verdadeira loucura! Meu tempo anda tão complicado, que até o desafio literário está engatinhando a passos de tartaruga – e uma tartaruga manca, devo acrescentar. E esse era um livro que eu queria ler com calma, num momento em que estivesse de folga, sem pressa, para poder me deleitar com a escrita maravilhosa dessa mulher que se tornou uma das minhas autoras contemporâneas favoritas, e simplesmente me divertir com as confusões de Sofia Alonzo e seu divertido romance com o – me diz onde eu consigo um desse para mim? Fada Madrinha, vamos trabalhar um pouquinho, querida! – maravilhoso Ian Clarke, sem ser interrompida.


E como só agora eu consegui esse tempo de que precisava, me senti feliz como uma criança abrindo presentes numa manhã de Natal ao poder finalmente pegar meu exemplar de Encontrada e deixar que a Cacá – se a autora me permite a intimidade  fizesse sua mágica.

sábado, 5 de setembro de 2015

Desafio #19: Meu Clássico de Cabeceira


Sei que o Desafio Literário está caminhando a passos de tartaruga este ano. Acho que o fato de não ter temas fixos para cada mês acaba, de certo modo, me deixando mais inclinada a procrastinar. Mas, como também não se tem mais prazo, já que ele foi oficialmente encerrado no blog que o criou, vamos adequando às possibilidades do dia a dia.



Tinha me proposto esse ano a fazer algumas releituras, e algumas delas acabaram se encaixando perfeitamente aos temas do desafio, sobretudo por se tratarem de livros que eu ainda não resenhei aqui no blog.



O escolhido da vez foi “um livro clássico”. Esse tema tinha o título tatuado na lista desde o princípio. É claro que, ao falar em clássico, eu não poderia deixar de escolher um dos meus livros favoritos de uma das minhas autoras favoritas. O romance mais célebre de todos os tempos, que inspirou muitos outros, e que, provavelmente inspirou o formato das novelas modernas. Creio que todos compreenderão do que eu estou falando, pois, ao abordar temas polêmicos da época, ao retratar pessoas tão fora dos padrões, e situações tão cômicas e outras tão delicadas, este romance ensinou aos autores posteriores como conduzir uma trama por dezenas de capítulos sem perder a atenção do leitor.



É claro que estou falando da querida e genialíssima Jane Austen!