Conheçam Meus Livros

sábado, 5 de novembro de 2016

Cuidado Com Aquilo Que Perturbas...

Esse livro estava na minha lista de leitura desde 2013, e, acreditem se quiser quem me apresentou essa obra foi a Sophia Abrahão. Sim, a atriz. E não, não nos conhecemos. Vou explicar: estava eu, um belo dia assistindo Amor à Vida (a propósito, saudade do Félix), onde volta e meia o autor Walcyr Carrasco incluía uma boa dica de livro entre as cenas. Fazia pouco tempo que Sophia havia sido integrada ao elenco, no papel de Natasha, a irmã desconhecida de Nicole (Marina Ruy Barbosa), que havia acabado de morrer. Eis que numa cena, apareceu a Sophia Abrahão lendo Os Sete, de André Vianco. E não foi exatamente a capa que me chamou atenção para esse livro, mas o minúsculo resumo feito por ela: “Estou lendo Os Sete, do André Vianco. É sobre uma caravela portuguesa naufragada...”, e nesse momento ela foi interrompida pela Leila (personagem de Fernanda Machado), estraga prazeres, me deixando curiosa para saber o resto do enredo. Juro! Foi só isso que ela disse. Seis palavrinhas a respeito do enredo. Seis palavras mágicas que aguçaram minha curiosidade, e me incentivaram a pesquisar que livro era esse.


Sophia Abrahão lendo Os Sete em cena de Amor à Vida.

Entendam: na época, eu estava escrevendo o primeiro volume de uma aventura com piratas – que ainda não foi publicada porque quero adiantar um pouco o restante da série primeiro –, de modo que tudo o que tivesse a ver com navios à vela e com naufrágios despertava meu interesse na hora.


Bem, o livro não era sobre piratas, óbvio; nem esperava por isso. Até porque, uma nação que pouco funcionou na pirataria foi a nação portuguesa. Mas quando li o restante do enredo que a Sophia não teve oportunidade de nos contar na novela (merece apanhar de cinta, dona Leila!), minha curiosidade aguçou ainda mais.



Os Sete
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século
Páginas: 456
Gênero: Terror
Sinopse:
Uma caravela portuguesa de cinco séculos é resgatada de um naufrágio no litoral brasileiro. Dentro dela, uma misteriosa caixa de prata esconde um segredo: sete cadáveres aprisionados, acusados de bruxaria. Apesar das advertências grafadas no objeto de prata, a equipe do Departamento de História da Universidade Soares de Porto Alegre decide violar a caixa, para estudar os corpos. Afinal, que perigo poderiam oferecer aqueles sete cadáveres? Nenhum. Mas depois que o primeiro deles acorda... Este novo romance de André Vianco, mesmo autor de Sementes no Gelo, transporta o leitor para um mundo antigo, onde os verdadeiros assassinos carregam presas afiadas e têm medo do Sol.





Demorou um pouco, por causa da minha sempre crescente lista de leitura, mas eu finalmente pude apreciar esta obra tão maravilhosa da literatura nacional.

O autor nos apresenta sete vampiros de aspectos distintos – os últimos que restaram de uma legião:

Inverno – o vampiro que congela tudo à sua volta;

Acordador – o vampiro que desperta os mortos;

Tempestade – o vampiro que comanda o tempo (meteorologicamente).

Espelho – o vampiro que muda de forma. Ele pode ser qualquer pessoa que quiser. Tem certeza de que a pessoa ao seu lado é quem diz ser? Cuidado! Hehe;

Lobo – o vampiro que se transforma em lobisomem;

Gentil – o vampiro que faz parar o tempo. O único bonzinho da turma – o que justifica o apelido;

E Sétimo – o maldito. O vampiro que os vampiros temem.

Esses são Os Sete. Esses são os monstros que assombram essa maravilhosa obra de André Vianco.

A história se passa em Amarração, pequena cidade do litoral do Rio Grande Sul, onde um grupo de mergulhadores encontraram uma caravela portuguesa naufragada, cheia de imagens de santos e moedas de bronze, e como única carga potencial uma misteriosa caixa selada. Interessados em botar as mãos numa bolada, os rapazes venderam a localização da caravela à pesquisadores de uma Universidade de Porto Alegre, em troca de uma porcentagem do tesouro – fosse o que fosse.

O que eles não sabiam era que o conteúdo da misteriosa caixa de prata selada sepultada no porão da caravela, em vez de riqueza, lhes traria a morte.

Séculos atrás, os portugueses armaram um plano para colocar fim a uma guerra maldita: trancaram os sete vampiros que assombravam o vale do Rio D’Ouro naquela caixa de prata – uma das poucas coisas que pode enfraquecer um vampiro –, colocaram-na no porão da caravela, levaram-na até o recém-descoberto litoral da Ilha de Vera Cruz – atual Brasil –, e afundaram-na com um tiro de canhão.

A carga maldita que a caravela carregava deveria ter ficado sepultada nas profundezas do oceano para sempre, mas assim que a caixa foi aberta pela equipe de História da Universidade, um acidente ridículo trouxe os demônios de volta à vida. E junto com eles, uma onda de terror e fenômenos sobrenaturais, que deixa um rastro de morte e destruição por onde passa.

Agora cabe aos seus infelizes descobridores e ao Exército Brasileiro mandá-los de volta ao inferno. E, para isso, não pouparão esforços, vidas, nem recursos, por mais extremos que sejam.

Eis aqui um livro que está pronto para virar filme. Não estou dizendo que vai, mas poderia – aliás, deveria! André Vianco descreveu cenas cinematográficas em diversos momentos do livro, cenas que o leitor consegue visualizar com a clareza de uma tela de cinema. É – quase literalmente – de arrepiar!

Os Sete é o primeiro volume de uma série seguida por “Sétimo” e “Turnos da Noite” – este último, dividido em três volumes: “Os Filhos de Sétimo”, “Revelações” e “O Livro de Jó”. É um livro para ser apreciado por quem tem sangue frio – ou que gosta de histórias de vampiros. E, sem dúvida, é um livro que merecia ter tido seu enredo descrito em mais de seis palavras na novela (ainda quero te dar uma surra, dona Leila!), mas está valendo. Para bom leitor, seis palavras de um enredo bastam para aguçar a curiosidade. Ótima iniciativa do autor da novela; precisamos mesmo incentivar a leitura nesse país.


E, aqui entre nós, Sophia: valeu pela dica! Você recomendou, e eu assino embaixo!




Comprar na Amazon:








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
E já que chegou até aqui, deixe um comentário ♥
Se tiver um blog, deixe o link para que eu possa retribuir a visita.